28.8.08

Tecnologia - O Esqueleto Eletrônico


Um esqueleto externo eletrônico, criado por cientistas israelenses, permitiu a um ferido de guerra sair da cadeira de rodas.


O equipamento tem motores elétricos nas juntas. Sensores ajustados ao corpo detectam movimentos do tronco e ativam a estrutura biônica. A mochila guarda baterias recarregáveis e a caixa de controle.

O primeiro usuário do Rewalk, ‘re-andar’, é Radi Kioff, um ex-paraquedista israelense, que ficou paraplégico depois de levar um tiro nas costas lutando no Líbano. Além de levantar e andar Kioff consegue subir escadas.

O próprio inventor, o médico Amit Goffer, é paraplégico. Mas não pode usar sua invenção por não ter o controle total dos braços.

Em dois anos, promete ele, o esqueleto biônico israelense estará à venda, a um preço estimado de US$ 20 mil.

Usar exoesqueletos, os esqueletos externos, é uma idéia de pelo menos três décadas. Assim como a ressurreição de seu emprego militar. A armadura de alumínio repleta de componentes eletrônicos pesa 70 quilos, multiplica em até 20 vezes a força de um homem. É o que diz a americana Raytheon, uma das principais empresas no setor bélico.

Inicialmente a armadura servirá para consertos de equipamentos pesados. Mas a Raytheon diz que o objetivo, no futuro, é criar uma força de super-soldados.

Veja o vídeo no link abaixo:

http://g1.globo.com/jornaldaglobo/0,,MUL739534-16021,00-O+ESQUELETO+ELETRONICO.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO POSTADOS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...