12.9.11

Pensamentos que me afligiram no 11 de setembro



Ontem o mundo recordou-se do maior atentado terrorista da história. Dez anos se passaram, e o mundo simplesmente tomou direções que a cada dia nos transmitem a sensação de que em certos aspectos a paz, a segurança e a tranquilidade parece ter nos escapado por entre os dedos.

A amplitude daquele evento aliado as consequências globais e novas crises apenas apontam para o fato de que vivemos um período de desintegração, onde que por mas que se tente dizer ou explicar,  mais longe nos tornamos de compreender de forma plena a nossa própria existência. O que nos resta é lutarmos de forma coletiva por um mundo melhor, aprendendo com os erros do passado e individualmente zelarmos para que nossa cooperação e colaboração faça a diferença no dia a dia. 

O 11 de setembro é uma data que, registrada na história para sempre transformou o mundo, mudou a nossa maneira de viver e pensar, e apontou novas realidades nesse momento da pós-modernidade em que a única maneira de se vencer o ódio, o preconceito, a tirania e o extremismo é por meio das armas da luz.

Tentei procurar formas de expressar tudo o que senti no dia 11 de setembro de 2001 enquanto via as imagens daquela tragédia, sentimentos que me vieram a tona novamente durante o dia de ontem enquanto recordava através das imagens que me perpassavam a memória, e enquanto revivia aquele negro dia, a canção de Roberto Carlos foi a única forma de sintetizá-los:

Pensamentos que me afligem
Sentimentos que me dizem
Dos motivos escondidos
Na razão de estar aqui
As perguntas que me faço
São levadas ao espaço
E de lá eu tenho todas
As respostas que eu pedi

Quem me dera que as pessoas que se encontram
Se abraçassem como velhos conhecidos
Descobrissem que se amam
E se unissem na verdade dos amigos
E no topo do universo uma bandeira
Estaria no infinito iluminada
Pela força desse amor, luz verdadeira
Dessa paz tão desejada

Pensamentos que me afligem
Sentimentos que me dizem
Dos motivos escondidos
Na razão de estar aqui

E eu penso nas razões da existência
Contemplando a natureza nesse mundo
Onde às vezes aparentes coincidências
Têm motivos mais profundos
Se as cores se misturam pelos campos
É que flores diferentes vivem juntas
E a voz dos ventos na canção de Deus
Responde todas as perguntas

Pensamentos que me afligem
Sentimentos que me dizem
Pensamentos que me afligem
Sentimentos que me dizem
Pensamentos que me afligem
Sentimentos que me dizem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTÁRIOS ANÔNIMOS NÃO SERÃO POSTADOS!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...